Studio Allegro

Não se pode saber ao certo “quando o Karate surgiu”; mas sabe-se que a primeira utilização da palavra Karate aconteceu em Okinawa, província japonesa, nos idos do século XIX, por Anko Itosu, discípulo do mestre Matsumura, que praticava o estilo Naha de uma luta chamada “Okinawa-te” (mão de Okinawa), também chamado de Naha-Te (mão de Naha).
Para melhor difundir as técnicas de Matsumura, Itosu mudou a nomenclatura, mudando o primeiro Kanji, ficando, então Kara-Te ou, Karate, que significa, em tradução literal significa “mãos vazias” ou “nada nas mãos” (Te=mão ou mãos; Kara=vácuo, vazio, nada).

O Mestre Gichin Funakoshi, fundador do Karate Shotokan, estilo que nós empregamos, triste com o uso violento do Karate, esforçou-se durante toda a vida para fazer do Karate um esporte de não-violência, pautado em vinte princípios, chamados Niju Kun (as vinte regras do Shotokan) que explicam mais detalhadamente o Dojo Kun (cinco lemas tradicionais do Karate) que são:

(1) esforçar-se para a formação do caráter;
(2) fidelidade para com o verdadeiro caminho da razão;
(3) criar o intuito do esforço;
(4) respeito acima de tudo;
(5) conter o espírito de agressão.

Mais do que uma simples luta ou arte marcial, o Karate é uma forma de encarar o mundo. Uma forma pautada no respeito, na busca pelo conhecimento e na não-violência. O Karate Shotokan moderno fornece às crianças um ambiente de aprendizado voltado para a disciplina, cooperação e amizade.

VALOR MENSAL: R$140,00.

Parceiros: